Deixe um comentário

PMDB manda recado para Dilma na política e economia

Do blog do Kennedy

 A derrubada do decreto de criação dos conselhos populares pela Câmara dos Deputados é um alerta preocupante para a presidente Dilma Rousseff. O PMDB, que é o principal aliado da presidente Dilma, quer isolar o PT no Congresso.

A ideia é eleger o líder do partido, Eduardo Cunha, presidente da Câmara em 2015. Renan Calheiros também quer se manter no comando do Senado no ano que vem. O senadores vão confirmar a decisão dos deputados com relação à criação dos conselhos populares. O PMDB já está dando os seus recados.

Dilma tem de arrumar a articulação para não dificultar ainda mais sua estratégia na economia, porque 2015 será um ano difícil.

O mercado financeiro e o empresariado demonstram ansiedade para saber o nome do novo ministro da Fazenda. A presidente está montando um quebra-cabeça. Além de escolher o sucessor de Guido Mantega, ela tem de dizer quem será o novo secretário do Tesouro. O atual, Arno Augustin, destruiu a credibilidade das contas públicas.

Dilma terá ainda de desenhar como será o Banco Central do segundo mandato. Há boa chance de Alexandre Tombini ficar na presidência, mas haverá mudanças nas diretorias. Ou seja, não basta escolher um nome, mas uma nova equipe econômica. Essa decisão deve sair em meados do mês que vem.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: