Deixe um comentário

Dois contadores de vantagens

 Aliados de Aécio Neves diziam anteontem no debate da Band que a trajetória do candidato em Minas, onde perdeu para Dilma Rousseff no primeiro turno, é “de crescimento”. Questionado sobre as causas da derrota, o coordenador-geral da campanha tucana, senador Agripino Maia (DEM-RN), disse não saber explicar. “Não faço um diagnóstico”, afirmou.

Já a campanha de Dilma Rousseff distribuiu entre aliados tabela de uma pesquisa interna mostrando que, logo depois do primeiro turno, o tucano abriu sete pontos de vantagem sobre ela em Minas. A situação, no entanto, estaria se invertendo. Dilma e Aécio agora estariam em empate técnico, mas com ela em viés de alta. (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: