Deixe um comentário

“Cartel de leniência”: MP rejeita perdão geral às empreiteiras

A força-tarefa da Operação Lava-jato não vai garantir a construtoras e empresários que eles não serão presos ou continuarão a contratar com a administração

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, relatou a parlamentares da CPI da Petrobras no mês passado que as empreiteiras insinuavam obter anistia coletiva dos crimes, chamada por ele ironicamente de “cartel de leniência”. Numa tentativa paralela e meio atabalhoada, duas fornecedoras procuraram a própria PF para obter um alívio em futuras punições Leia mais

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: