De olho no segundo turno, Dilma ignora Marina

Do Blog do Camarotti

A polarização de Dilma Rousseff com o tucano Aécio Neves no debate da TV Globo, explicitou uma estratégia petista de preferência pelo candidato tucano em um enfrentamento no segundo turno.

Apesar das negativas oficiais, há um grupo crescente dentro do PT que avalia que Aécio Neves seria um candidato mais previsível para duelar no segundo turno, já que existe um histórico de competições de cinco eleições entre PT e PSDB.

Nas palavras de um integrante da campanha de Dilma, Marina Silva foi desconstruída nas últimas semanas e chega à reta final muito enfraquecida. Mesmo assim, na campanha petista, Marina ainda traz incerteza maior para o pleito, já que ela pode capitalizar o voto anti-PT, atraindo mais o eleitorado tucano do que Aécio poderia atrair o eleitorado do PSB.

Por isso, no debate da TV Globo, a determinação no PT era de só polarizar com Aécio. Dilma teve três momentos de fazer perguntas para Marina, mas ela evitou em todas as vezes que pôde o confronto direto com a candidata do PSB.

Em todas as oportunidades que teve, Dilma perguntou para Aécio Neves. Já Marina, sempre que pôde escolheu chamar Dilma para o debate direto, direcionando à petista as suas perguntas.

Deixe uma resposta