Deixe um comentário

Longa ‘Colegas’ tem pré-estreia gratuita nesta quinta

Folha e o Cine Livraria Cultura promovem hoje em São Paulo, às 20h, pré-estreia gratuita do filme “Colegas”, com direção de Marcelo Galvão.

As senhas deve ser retiradas, no local, uma hora antes do início da sessão. Após a exibição, haverá debate com o diretor e Marilena Ardore, gerente do Serviço de Defesa e Garantia dos Direitos da Apae (Associação dos Amigos dos Excepcionais).

Segundo Galvão, a inspiração para o filme veio da convivência alegre com o tio, que tinha síndrome de Down, e com quem passava as suas férias durante a infância.

“Convivi com um tio, que morreu em 2011, e, para mim, os momentos que passei com ele foram inesquecíveis. A inocência, a forma franca de falar, a emoção à flor da pele, o coração gigantesco, as atitudes engraçadas que ele tinha sempre me cativaram, por isso resolvi escrever algo que passasse essa sensação boa para todos que assistissem”.

O longa é uma comédia que trata de forma poética coisas simples da vida, através dos olhos de três personagens com síndrome de Down: Stalone (Ariel Goldenberg,31), Aninha (Rita Pokk, 32) e Márcio (Breno Viola, 31). Eles são apaixonados por cinema e trabalham na videoteca do instituto onde vivem.

Um dia, inspirados pelo filme de Ridley Scott “Thelma & Louise” (1991), resolvem fugir no Karmann-Ghia do jardineiro, interpretado por Lima Duarte, em busca de três sonhos: Stalone quer ver o mar, Aninhaquer casar e Márcio precisa voar.

Em uma viagem do interior de São Paulo rumo à Buenos Aires (Argentina), eles se envolvem em inúmeras aventuras como se tudo não passasse de uma eterna brincadeira de cinema.

O filme ainda conta com a participação de Marco Luque (humorista e apresentador do programa “CQC” da Band), Leonardo Miggiorin e Juliana Didone.

O ator Ariel Goldenberg, um dos três atores com síndrome de Down que estrelam o longa, ganhou destaque após fazer um pedido em um vídeo divulgado na internet para que o ator Sean Penn, de quem é fã, venha ao Brasil para assistir ao seu lado a estreia do filme no Brasil no dia 1º de março.

“Sean Penn, eu quero que você venha assistir ao nosso filme, mas eu quero que você se sente ao meu lado”, diz a mensagem que ganhou apoio de diversas outras celebridades

Goldenberg é casado Rita Pokk que também participa do longa. Em entrevista ao “TV Folha”, o casal fala sobre a vida e o como foi fazer o filme.

O filme levou o Kikito de melhor filme da 40ª edição do Festival de Cinema de Gramado, em 2012, e recebeu os prêmios de melhor roteiro no Festival de Paulínia em 2008 e melhor filme brasileiro escolhido pelo público na 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: