Deixe um comentário

Samsung toma lugar da Apple em vendas de dispositivos conectados

A Apple perdeu a liderança do mercado de dispositivos conectados – smartphones, tablets e computadores – para sua maior rival, a Samsung, em 2012.

De acordo com a consultoria IDC, a fabricante sul-coreana vendeu 250 milhões de dispositivos mundialmente no ano passado, e sua fatia de mercado cresceu de 12,3% em 2011 para 20,8% do mercado m 2012. Já a Apple, que contava com 16,3% de participação em 2011 ficou com 18,2% em 2012, com 218,7 milhões de unidades vendidas.

Com uma oferta mais diversificada de produtos a preços mais acessíveis, como smartphones e tablets com o sistema operacional Android do Google e notebookls com sistema operacional Windows, segundo Bruno Souza, analista da IDC Brasil, a Samsung ganhou espaço.

Mundialmente, as vendas de smartphones, tablets, notebooks e ultrabooks da empresa mais do que dobraram em relação a 2011, com um crescimento de 119,3%. No mesmo período, a Apple registrou crescimento de 43% em vendas.

Considerando todos os fornecedores pesquisados, as vendas mundiais de dispositivos conectados ultrapassaram 1,2 milhão de unidades em 2012, o que representa um avanço de 29,1% em relação aos 930,4 milhões de dispositivos comercializados no ano anterior.

A consultoria ainda não informou os dados mais recentes do estudo para o mercado brasileiro, mas o analista confirma a tendência de queda das vendas de computadores para os smartphones e tablets nas vendas de aparelhos com acesso à internet. “Os dispositivos móveis são a nova plataforma de comunicação do consumidor. Em 2010 falávamos de uma participação de 23% dos PCs das vendas de dispositivos conectados. Em 2016 essa fatia vai chegar a 7%”, prevê.

Atrás da Apple está a chinesa Lenovo que ficou com 6,5% de participação tendo comercializado 78,3 milhões de dispositivos em 2012 e registrou o maior aumento nas vendas (61,4%) depois da Samsung.

Em quarto e quinto lugar, respectivamente, as americanas HP e Dell perderam espaço no ano passado. “A HP e a Dell não têm exatamente uma oferta diversificada de tablets, por exemplo” comentou Souza. Em 2012, a HP vendeu 58,2 milhões de computadores conectados – 8,5% abaixo do volume registrado em 2011 – e ficou com 4,8% do segmento. A Dell, em quinto lugar, teve uma queda de 12,9% em vendas e encerrou o ano passado com 3,2% de participação.

A japonesa Sony não aparece no ranking principal por ter perdido força nos celulares, segundo Souza. “A Sony está na faixa de 3% a 3,5% do mercado, mas agora está recuperando espaço com uma estratégia mais consolidada para smartphones”, avalia o analista.

Com a preferência do consumidor voltada aos portáteis, Souza afirma que os fabricantes de PCs seguem apostando nos notebooks e ultrabooks híbridos – que a IDC já consideram como tablets – com tela sensível ao toque que se desconecta do teclado. “O mercado de PCs vai passar por uma transformação”, comenta Souza. “Com o [sistema operacional] Windows 8, a facilidade de uso também é maior para os computadores de mesa ‘all-in-one’. O usuário ainda tem que aprender a lidar com esse sistema operacional, mas é uma questão de tempo”, conclui.

Fonte:G1

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: