Arquivo de Tag | Na poesia de Mauro Motta

Na poesia de Mauro Motta, o leiloeiro pergunta: Quem dá mais por nossas lembranças?

Na poesia de Mauro Motta, o leiloeiro pergunta: Quem dá mais por nossas lembranças?

Mauro Motta, grande poeta pernambucano O advogado, jornalista, professor, memorialista, cronista, ensaísta e poeta pernambucano Mauro Ramos da Mota e Albuquerque(1911-1984), no poema “Leilão”, sofre quando o leiloeiro grita:”Quem dá mais? E bate o martelo, bate aqui, dói longe”, diz ele em seus versos de tristeza. LEILÃO Mauro Mota – Quanto dão? Quanto dão? – […]