O “Big MAC” de Lula: advogado vira peça-chave na arrecadação petista

Marco Aurélio Carvalho tem sido apontado como um dos principais responsáveis pela arrecadação no QG do ex-presidente

O advogado Marco Aurélio Carvalho abraça Lula
Ricardo Stuckert/PT
Rodrigo Rangel – Metrópoles
O acrônimo MAC é usado em setores do PT para designar Marco Aurélio Carvalho, coordenador do Prerrogativas, o grupo de advogados alinhados ao partido que liderou a campanha contra a Operação Lava Jato e em favor da anulação dos processos contra o ex-presidente Lula.

Em razão do esforço pró-Lula, inclusive no período em que ele esteve recolhido em uma cela da Polícia Federal em Curitiba, MAC não apenas ganhou prestígio nas altas esferas do partido como se tornou uma das pessoas mais próximas do ex-presidente.

Como já mostrou a coluna, a intimidade do advogado com Lula e com sua atual mulher, a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, é motivo de ciúme nos grupos de petistas que sempre integraram o estado-maior do candidato

Ultimamente, MAC assumiu um papel proeminente nos bastidores da campanha. Em altos círculos do empresariado nacional e entre advogados de grandes bancas, ele tem sido apontado como um dos grandes responsáveis por pedir doações eleitorais em nome de Lula.

Tem funcionado. Os pedidos têm sido feitos em jantares organizados pelo advogado, mas também em conversas de pé de ouvido. Alguns empresários já admitem, sob reserva, a disposição de fazer até doações informais, sem o devido registro na Justiça Eleitoral. A saber se MAC topará entrar nesse jogo, que já rendeu embaraços para o PT no passado recente.