Assembléia se reúne extraordinariamente e revoga prisão preventiva de Estela Bezerra

Por 25 votos a favor, cinco contrários e uma abstenção, a Assembléia Legislativa da Paraíba decidiu agora há pouco pela revogação da prisão da deputada Estela Bezerra, recolhida a Central de Polícia desde hoje cedo por determinação do desembargador Ricardo Vital de Almeida.

Dos 31 deputados presentes à sessão, 25 votaram a favor da liberdade de Estela, cinco foram contra e a deputada Cida Ramos requereu dispensa de votar, por estar igualmente citada pelo Ministério Público como envolvida na Operação Calvário.

O presidente Adriano Galdino, ao final da votação, esclareceu que a Assembléia não estava se confrontando com o Ministério Público ou com o Tribunal de Justiça, mas apenas fazendo valer o preceito constitucional que diz ser ilegal a prisão de deputado, seja federal ou estadual, sem ser em flagrante delito.

Na mesma sessão foi lida a resolução contendo a decisão do Legislativo e é possível que ainda hoje Estela seja solta.

Por 25 votos a favor, cinco contrários e uma abstenção, a Assembléia Legislativa da Paraíba decidiu agora há pouco pela revogação da prisão da deputada Estela Bezerra, recolhida a Central de Polícia desde hoje cedo por determinação do desembargador Ricardo Vital de Almeida.

Dos 31 deputados presentes à sessão, 25 votaram a favor da liberdade de Estela, cinco foram contra e a deputada Cida Ramos requereu dispensa de votar, por estar igualmente citada pelo Ministério Público como envolvida na Operação Calvário.

O presidente Adriano Galdino, ao final da votação, esclareceu que a Assembléia não estava se confrontando com o Ministério Público ou com o Tribunal de Justiça, mas apenas fazendo valer o preceito constitucional que diz ser ilegal a prisão de deputado, seja federal ou estadual, sem ser em flagrante delito.

Na mesma sessão foi lida a resolução contendo a decisão do Legislativo e é possível que ainda hoje Estela seja solta.

Fonte: blogdotiaolucena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.