Dez presos da Lava Jato ainda podem deixar a cadeia após decisão do STF sobre prisão em 2ª instância

Dez presos da Operação Lava Jato condenados pela Justiça Federal no Paraná ainda podem deixar a cadeia após julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão em segunda instância. Treze presos da operação poderiam ser beneficiados pela decisão.

A maioria deles aguarda uma decisão da Justiça para sair da prisão. É o caso do ex-diretor da Petrobras Renato Duque, condenado a mais de 124 anos de prisão. O juiz pediu que o Ministério Público Federal (MPF) se manifeste sobre a soltura.

Nem todos os condenados em segunda instância vão poder deixar a cadeia. É o caso do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e do ex-deputado federal Eduardo Cunha. Além das condenações, eles também estão presos preventivamente por causa de outros processos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *