Advogados de Adélio Bispo deveriam revelar quem os pagou, se é que houve pagamento

Os advogados queriam apenas atrair novos clientes…

Pedro Meira

Não estou escrevendo mistério nenhum, só estou constatando uma obviedade. Quem quiser desconfiar da bondade de alguém que contrate advogados caros para defender um maluco (a hipótese mais óbvia) que esfaqueia um candidato a presidente, certamente vai fazê-lo. Do mesmo jeito que pululam teorias conspiratórias sobre a morte de Tancredo, e os impeachments de Collor e Dilma.

Nem mesmo disse que havia algo errado em alguém pagar advogados para Adélio, mas que foi desnecessário foi, e alguém pode pensar que esse benfeitor, se existir, não agiu por altruísmo. E se os advogados trabalharam de graça, continuo não achando um procedimento louvável. Isso é dumping para mim. Se são ricos e podem trabalhar de graça para aparecer, a maioria de seus colegas de profissão não é.

FRUTO DO DESCRÉDITO – Sobre o Bolsonaro, deve-se levar em conta que ele é o produto do descrédito generalizado de toda a nossa classe política. Toda a retórica dirigida contra ele acabou sendo vista como indulgência para os malfeitos da era tucano-petista. Onde estavam esses moralistas nos tempos de FHC, Lula e Dilma, que nos conduziram para o buraco atual?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.