Senador critica aumento de verba para partidos políticos

Parlamentar classificou a “Lei do Lula Livre” de inoportuna

Arolde de Oliveira

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) usou suas redes sociais para criticar um projeto de lei que deverá ser votado no Senado nesta terça-feira (17) que pode aumentar a verba para partidos.

– Já me posicionei contrariamente no plenário. Votarei contra. Este projeto é totalmente inoportuno e na contramão da realidade do país – declarou o parlamentar.

Arolde de Oliveira, que faz parte do grupo “Muda, Senado”, também disse em suas redes sociais que é contrário ao fundo eleitoral desde “quando ele foi criado”.

Apelidado de “Lei do Lula Livre”, o projeto deve ser votado hoje no Senado e afrouxa regras para partidos, abre brecha para o caixa 2 e dá margem ao aumento da quantidade de dinheiro público destinado às legendas, além de flexibilizar normas de prestação de contas. A proposta permite, ainda, que advogados e escritórios de contabilidade sejam pagos com dinheiro dos partidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.