BRASIL: UM PAIOL DE IMPROBABILIDADES. Por Mauro Barros

Por Mauro Barros – Blog do Maurito

É lamentável o que está acontecendo dentro de nosso país. Forças acaçapadas(?) tenta minar a todo custo o Governo Federal. Claro que isso é ruim e só recai pesadamente na sociedade brasileira. Tudo o que o novo governo faz ou deixa de fazer, diga ou deixe de dizer sempre aparecem distorções e controvérsias de seus atos e principalmente de respostas. O intuído é intenso e visa somente tentar massacrar as medidas governamentais, tornando isso quase um ato inconstitucional contra as medidas do governo federal. Pelo que estou notando, o travamento parlamentar e da mídia marrom está sobressaindo-se e com isso freando decisões necessárias e a governabilidade. Vemos estarrecido como essa força do mau tentam rechaçar medidas apresentadas pelo governo dentro do país, tudo por conta de avareza e egoísmo do Congresso Nacional (seja pela Câmara Legislativa ou Senado) e a mídia sociopata junto aos seus militantes alucinatórios e que procuram transformar o bem pelo o achaque. Atos bons do governo não são explicitados a população, são escondidos. Só acessamos pelas redes socias.

Na verdade o Sr. Presidente Jair Bolsonaro não possui “papas na língua” e sempre que possível rechaça de maneira até jocosa algumas perguntas “imbecis” feita por repórteres com segundas intenções de interpretações. Um exemplo disso é a resposta dada a esses repórteres que entrelinhas tentam desvirtuar respostas.  Vejam a grande repercussão que causou quando disse numa resposta macarrônica sobre a poluição no meio ambiente que o brasileiro deveria fazer “coco” um dia outro não para diminuir a poluição.  A Rede Globo por exemplo deito e rolou em noticiários. Não veem que entraram no jogo do presidente.

Coisas estarrecedora aparecem em noticias em redes socias por exemplo: Quando a Life do MBL afirma que Bolsonaro deveria “morrer” ou “renunciar”. Propostas de parlamentares de um governo parlamentaristas. O próprio presidente do STF fala a revista Veja que impediu um golpe para tirar Bolsonaro do governo. Mas a verdade dos fatos são outras.

Fábio Patriota em seu canal de Youtube, escancara para todos em suas redes sociais, todo o enredo de uma estratégia malsucedida por parte desses nefastos seguidores das mamatas, dos conchavos e das corrupções. Por ser longo transcrevemos o texto:

Entre os meses de Abril e Maio, o Stablishment, Extrema Imprensa e o Pântano político Brasileiro (Deep State Brasileiro) se reuniram, para tentar derrubar o Pres. Bolsonaro, pois não conseguiam  acordo  com o  Governo  por  cargos  em  ministérios, Órgãos e repartições públicas, e também  pelas  gordas verbas da SECOM para a Imprensa.
Nessa Reunião liderada por Maia e Alcolumbre estavam José Serra (PSDB), Kim (MBL) e muitos políticos da esquerda, Centrão, e alguns empresários corruptos que perderam suas boquinhas.
Ficou acertado entre eles que tirariam da Gaveta, um projeto para implantar o Parlamentarismo no Brasil.

ELES IAM DAR UM GOLPE PARLAMENTARISTA PARA TIRAR O PRES. BOLSONARO DO PODER.

Uma das pessoas que saiu em socorro do Presidente foi seu filho Carlos Bolsonaro, que começou a bater de frente com alguns militares melancias que estavam agindo nas sombras e de dentro do Governo, aliados com a Extrema Imprensa.

Carlos, junto com   Militares Patriotas, e leais começaram a desmantelar o plano sórdido deles. Carlos fazia a denúncia, e batia de  frente  com  as melancias  e  a imprensa no Twiter, e com ajuda do Olavo de Carvalho contra atacavam a todos.
Do  outro lado  General  Heleno  iniciava  uma  investigação  para  descobrir quem eram os traidores que estavam no governo e que altura estava o perigo.

Identificado o perigo, imediatamente foi dada a Missão para o Braço do Exército dentro do STF.

O aliado do Pres. Bolsonaro e colocado pelos militares lá dentro do STF, é um General que vocês pouco conhecem, o General AJAX PORTO PINHEIRO, que imediatamente se dirigiu ao Gabinete de Tóffoli e disse em alto e bom som, que se tentassem um GOLPE contra o Governo democraticamente eleito, eles iriam colocar as Tropas nas Ruas, mesmo sem o Presidente pedir, pois as claras manifestações populares e o povo nas ruas naqueles últimos dias davam ao EB – Exercito Brasileiro  a autonomia necessária e Constitucional para Intervir nas Instituições, e que Evitariam o Golpe Parlamentarista que claramente o Congresso estaria tramando.

Ato contínuo, Tóffoli Avisou imediatamente o Rodrigo Maia, Alcolumbre e sua trupe, (MBL / PT / PSDB e também estavam envolvidos) e desistiram do GOLPE PARLAMENTARISTA BRANCO que estavam planejando, pois sabiam que seriam presos e julgados pelo Supremo Tribunal Militar.”

Fonte: Redes sociais de Fábio Patriota: Canal de Youtube e perfil no Facebook.

https://www.youtube.com/channel/UC0lDpO3QNgexIs7hfPl83dw

https://www.facebook.com/fabio.patriota.brasil

Claramente vemos que o STM – Supremo Tribunal Militar como também da força militar brasileira estão com a constitucionalidade e firme com o presidente da República eleito democraticamente. Além disso fica explicito que o Exercito Brasileiro não tolerará que mexam na democracia. E ele Bolsonaro é o vértice que segura tudo isso.  Então esses que estão a todo estante tentando obstruir as realizações governamentais devem atentar a isso, para depois não lamentar.  

A Rede Globo deve então tomar ciência. Vimos uma reportagem do colunista Marcelo Rates Quaranta em sua coluna Opinião do Jornal da Cidade, onde ele manifesta toda a verdade, de como essa emissora esta contra o governo e o porquê.

Fonte: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/15912/o-jogo-sujo-da-globo-e-o-real-motivo-de-toda-a-artilharia-da-emissora-se-voltar-para-bolsonaro . Acessem!

Tudo isso meus amigos, só fazem do nosso solo brasileiro um paiol de pólvora e que temos que andar “flutuando” numa “nau” de dois lemes. É necessário que todos tomem ciência de como estamos desvairados e em situações absurdas e sem nexos. Ou nossos parlamentares, corpo de autoridades e o povo em geral devemos parar de agir assim, ou teremos sim uma ingerência genérica (Danado é que já vimos esse filme em 1964), e que conforme ditos militares se pronuncia-se abertamente será em algum tempo aprovisionamento necessário a saúde da nação.

PENSAMENTO: “Tempo perdido são como barcos ao mar sem velas e sem remos, em águas incertas são rumos sem rota, onde o caso é um porto inseguro e destino final” –

Ricardo Fischer – Jovem atleta brasileiro.

O que ele fala nessa frase, transpõe para todo nós brasileiro, o que vivemos atualmente dentro do cenário nacional. Como falei acima, nosso barco está com dois lemos, estamos praticamente sem rumo. Temos a bússola… Vamos adequarmos na agulha magnética e acerta o alvo com perfeição!

Deixe uma resposta