Presidente, respeite os nossos familiares! Por Antônio Augusto Santa Cruz

Por Antônio Augusto Santa Cruz*

O dia de hoje, para mim, teve um gosto diferente, de fel, amargo como nunca antes sentido.

Tenho orgulho deste cara que, carinhosamente, chamo de primo. Tenho certeza de que, de onde quer que estejam, Tio Fernando, Vovô Lincoln, Clarinha (bisneta, meu anjo da guarda), tia Márcia (dia do seu aniversário), tio Lincoln (o equilíbrio e o amor desta família) e, maiormente, minha amada vó Zita Santa Cruz (meu amor incondicional), também se orgulham. Todos se orgulham da história que o Felipe vem construindo a frente da OAB.

Agora, precisamos ampliar a rede de solidariedade que é tão genuína e nos torna forte e imperativos para lutar contra este crápula.

Diante da fala inescrupulosa do presidente Jair Bolsonaro, só nos resta lutar, ter força e equilíbrio emocional para enfrentá-lo pelos meios legais. Quero agradecer pelas mensagens lindas de apoio que recebi de várias pessoas.

Vamos em frente com a frase do Che “Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros”. A Felipe, desejo minha irrestrita solidariedade. Você está fazendo história, uma história grandiosa, firme e força na caminhada, que papai do céu te proteja e te ilumine com os melhores sentimentos. Te amo!

Transcrevo o trecho emocionante da sua brilhante nota “afirmo que, o que une nossas gerações, a minha e a do meu pai, é o compromisso inarredável com a democracia, e por ela estamos prontos aos maiores sacrifícios. Goste ou não o presidente”.

A luta contra o poder é a luta da memória contra o esquecimento.

Respeite os nossos familiares, vítimas daquele regime autoritário e perverso.

*Advogado e primo de Felipe Santa Cruz, presidente da OAB

Deixe uma resposta