Gleisi diz que ação de Moro “levou bandido à Presidência

Presidente do PT desafiou o ministro da Justiça a explicar as “denúncias”

Deputada federal Gleisi Hoffmann Foto: Ricardo Stuckert

Nesta segunda-feira (29), a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada federal Gleisi Hoffmann, pediu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que explique as denúncias das quais é alvo. Em sua conta do Twitter, a parlamentar ainda disse que as ações de Moro levaram “um bandido à Presidência da República” em referência a Jair Bolsonaro.

– Saia do Twitter, Sergio Moro. Venha a público, dê uma entrevista coletiva e responda às inúmeras denúncias que têm a seu respeito. Explique à sociedade brasileira a interferência criminosa que fez no processo eleitoral de 2018 que te beneficiou e levou um bandido à Presidência da República – pediu.

A declaração é referente aos supostos diálogos vazados de Moro com integrantes do Ministério Público Federal (MPF). Divulgados inicialmente pelo The Intercept, a mensagens mostram Moro, na época juiz da Lava Jato, conversando sobre processos com o procurador Deltan Dallagnol. Um dos casos que teria sido discutido com o coordenador da operação em Curitiba teria sido o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje, preso em Curitiba.

Deixe uma resposta