Depois dos aviões da Funai, Damares descobre 600 carros pagos e nunca usados

Denúncia feita pela Ministra foi relembrada depois do caso dos aviões da Funai

Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil

A ministra Damares Alves fez mais uma denúncia do mau uso do dinheiro público em governos anteriores. A ministra contou que um dono de uma grande montadora, que não teve o nome revelado, se reuniu com ela e pediu para que os 600 carros do conselho tutelar e conselho do idoso, estacionados no pátio dele, fossem recolhidos pela pasta. Os automóveis foram comprados em 2016.

Damares disse que ficou surpresa com o pedido e quando foi apurar o caso descobriu que a maioria dos veículos já foram pagos, mas nunca usados. Um dos motivos seria o excesso de burocracia. Mas segundo secretários ouvidos por ela, prefeitos que não foram reeleitos também não teriam repassado a informação da compra para os novos ocupantes do cargo.

“[Há] seiscentos carros, e eu tenho conselheiro tutelar no Brasil atendendo de bicicleta, atendendo de jegue e os carros estão lá. A maioria já pago. Chega de palhaçada nesta nação”, disparou Damares.

A ministra disse que está conversando com alguns órgãos, como a Controladoria Geral da União (CGU), para distribuir e fazer uso dos automóveis.

Deixe uma resposta