Intercept divulga suposto áudio atribuído a procurador da Lava Jato sobre entrevista do ex-presidente

Resultado de imagem para sobre o áudio de deltan

O site Intercept Brasil divulgou, na tarde desta terça-feira (09), um dos áudios que disseram possuir, a partir de mensagens vazadas do aplicativo Telegram, que teriam sido trocadas entre procuradores da Operação Lava Jato. Na mensagem, supostamente, Deltan Dallagnol conversa com os membros da força-tarefa, sobre a liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, suspendendo a permissão para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedesse entrevista, a partir de uma autorização do ministro do STF Ricardo Lewandowski.

Após, em um grupo no Telegram, os procuradores teriam debatido, conforme a publicação, sobre estratégias para evitar que Lula falasse. “Agora não vamos alardear isso ae, não vamos falar para ninguém, vamos ficar quietos para evitar a divulgação o quanto for possível”, é possível ouvir no material divulgado.

Confira o áudio:

A força-tarefa respondeu para o Intercept: “O site se recusou a enviar o material usado na reportagem para avaliação da força-tarefa, prejudicando o direito de resposta e de análise do material. As mensagens que têm circulado como se fossem de integrantes da força-tarefa são oriundas de crime cibernético e não puderam ter seu contexto e veracidade verificados. Diversas dessas supostas mensagens têm sido usadas, de modo fraudado ou descontextualizado, para embasar falsas acusações que contrastam com a realidade dos fatos.”

Deixe uma resposta