Seleção vence a Copa América e Jair Bolsonaro faz a festa, levantando a Taça

Resultado de imagem para bolsonaro no maracana

Moro e Bolsonaro vibram com a abertura do placar no Maracanã

Carlos Newton

Foi um jogo bonito, aberto. A seleção do Peru, mesmo tendo perdido de 5 a 0 no último embate, foi corajosa e partiu para cima. Jogar aberto contra o Brasil, para qualquer seleção, é um risco enorme. Qualquer descuido pode ser fatal, devido à qualidade técnica dos nossos jogadores, é realmente uma renovação permanente de craques. Se o técnico não atrapalhar, fica mais fácil, e Tite às vezes escala mal e faz o time jogar fechado demais.

Everton, que fez o primeiro gol, é um show à parte pela esquerda. Senti falta do Douglas pela direita. Com os dois em campo, os adversários serão levados à loucura. Mas Tite parece não gostar de Douglas, que desta vez nem foi convocado.

VITÓRIA – Depois de seis anos, enfim ganhamos uma taça, repetindo a festa da Copa das Confederações em 2013. O povão ficou de foram da festa, que registrou a maior renda da história do futebol brasileiro (R$ 38.769.850,00). Com ingresso mais barato a R$ 190,00 e os melhores lugares a R$ 590, é preciso ter cacife para assistir aos jogos.

O presidente esteve lá, acompanhado de vários ministros, inclusive o mais importantes deles, Sérgio Moro. O chefe do governo esbanjava felicidade e tirou fotos com o time, segurando a taça. Espera-se que tenha a mesma disposição para lutar pelo povo brasileiro, sem separá-lo em esquerda e direita, essas bobagens ideológicas de antigamente.

Os sites de oposição, dizem que Bolsonaro foi vaiado, mas assisti pela televisão e nem percebi.

Deixe uma resposta