Ministros são convidados para audiência na Câmara Federal

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou, hoje, o requerimento do deputado Danilo Cabral (PSB/PE), que convida o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para esclarecimentos no colegiado. A ida para o ministro ficou marcada para o dia 15 de maio.

Além disso, a comissão também aprovou um requerimento para a realização de audiência pública conjunta com a Comissão de Finanças e Tributação, com a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes. A reunião será no próximo dia 8 de maio.

Segundo o parlamentar, a presença dos ministros é primordial para estreitar a relação entre o Legislativo e o Executivo, principalmente na área da educação, que passa por uma crise desde o início do governo Bolsonaro. “A Comissão de Educação precisa e quer ouvir tanto o ministro Abraham como Paulo Guedes. Queremos entender os constantes cortes na área e saber as estratégias do MEC para os próximos meses de governo, visto que, até então, a gestão foi uma verdadeira tragédia”, criticou.

Danilo Cabral também reforça que os membros da Comissão querem saber como o ministro Weintraub vai abordar os principais temas da educação brasileira, como o Plano Nacional de Educação (PNE); a manutenção do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica).

Já com a presença do ministro da Economia, o principal debate será em torno do financiamento da educação. “Paulo Guedes também afirmou que pretende retirar da Constituição Federal a obrigação de investimentos de mínimos dos tributos arrecadados em educação, que hoje são 18% para União e 25% para estados e municípios. É necessário ouvirmos essas explicações, pois estamos em um contexto de grave crise financeira enfrentada pelos municípios brasileiros, em que grande parte sequer consegue pagar o piso salarial dos professores”, explicou o parlamentar.

Deixe uma resposta