Encontro discute políticas públicas para a pessoa idosa

Encontro Ampliado de Mobilização da quinta Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa

Encontro Ampliado de Mobilização da quinta Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa IdosaFoto: Divulgação

Para atualizar os gestores municipais que atuam na política pública voltada para a pessoa idosa sobre as mudanças relacionadas a esse público com as reformas previstas no país, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da executiva de Segmentos Social (Sess), promoveu o Encontro Ampliado de Mobilização da quinta Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, na manhã da segunda-feira (25) na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

O evento reuniu profissionais de mais de 50 cidades pernambucanas, e também serviu para divulgar orientações sobre as propostas de estrutura e dinâmica das edições das conferências estadual, regional e municipais neste ano.

Os secretários executivos de Segmentos Sociais, Laura Gomes, e de Assistência Social, Joelson Rodrigues, fizeram parte da mesa de abertura do evento. Durante discurso, Laura Gomes destacou a importância dos servidores municipais se inserirem no debate. “Precisamos nos mobilizar para fazer as conferências, pois são nestes eventos que os gestores conseguem compartilhar conhecimento e pôr em debate os problemas específicos da localidade para traçar as políticas que a população realmente necessita. É isso que faz com que a política seja efetiva”, pontuou Laura.

Além de compor a mesa de abertura, o secretário executivo Joelson Rodrigues ministrou palestra sobre as perspectivas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), com foco na pessoa idosa pós reformas, e ressaltou que já estão sendo feitas articulações com os prefeitos do Estado para estruturar força política no enfrentamento de questões como a recomposição orçamentária e os itens que compõem a reforma da previdência. “As reformulações do Benefício da Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria especial ruralsão tópicos da reforma da previdência que atingem diretamente a política da pessoa idosa e, por consequência, impacta o setor financeiro dos municípios”, afirmou.

No encontro, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, a professora Marta Lima, explicou os objetivos e repassou orientações sobre as conferências municipais, regionais e a estadual. “Precisamos adquirir mais conhecimento e sair mais fortalecidos para conseguirmos agir. Mais do que nunca a assistência e a política do idoso precisam andar em conjunto para que possamos fortalecer os direitos e as conquistas que já temos”, disse.

encontro de gestores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *