Dilson Peixoto se reúne com secretários de agricultura do Sertão

Secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, recebeu gestores das pastas de Agricultura do Sertão;

Secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, recebeu gestores das pastas de Agricultura do Sertão;Foto: Edilson Júnior/SDA

Representantes do Núcleo de Secretários de Agricultura do Sertão de Pernambuco (Nusaspe) foram recebidos, nesta segunda-feira (25), pelo secretário Dilson Peixoto, em seu gabinete. Os gestores solicitaram apoio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA)para a execução de ações e políticas públicas em benefício da região. O encontro foi acompanhado pelo presidente do Cesmape e secretário de Agricultura do município de Jataúba, Izael Monteiro (Zainha).

Nusaspe é formado pelos 13 secretários de agricultura dos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal do Sertão Araripe Pernambucano – Cisape (Afrânio, Araripina, Bodocó, Dormentes, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade), para garantir articulação política na busca de ações para os municípios e o território.

Os municípios integrantes do Nusaspe possuem 32% do rebanho ovino e 21% do rebanho caprino do Estado, sendo também a região de abrangência a maior produtora de mandioca do Estado, com aproximadamente 43% da área plantada e 38% de produção.

No documento entregue, os secretários formularam propostas das necessidades para a região, organizadas em eixos temáticos: hídrico, infraestrutura, produção, sanidade animal e comercialização. A Nusaspe solicitou que parte das ações seja atendida pela SDA, através do IPA e do ProRural, que possuem expertise, quadro técnico qualificado e equipamentos.

Em outras proposições, pede que a secretaria atue como articuladora e promotora de parcerias (ações conjuntas) com outras secretarias/órgãos do Estado, a exemplo da Secretaria de Recursos Hídricos, visando congregar esforços e recursos para aumentar a efetividade no atendimento dessas demandas.

Na questão dos recursos hídricos, por exemplo, a demanda é referente à construção de cisternas de placas de 16 m³, limpeza e ampliação de açudes/barragens e construção de médias barragens/açudes, além da instalação de poços tubulares já perfurados, e perfuração e instalação de novos poços tubulares (no cristalino e no sedimento).

Em relação à produção, solicitaram a implantação de infraestruturas de beneficiamento; apoio na questão de inspeção e vigilância sanitária – animal e vegetal; a definição de uma planta padrão (projeto) para unidades de beneficiamento de leite artesanais para produção de até 1 mil litros, aprovada e referendada pela Adagro. Outra ação apontada para a bovinocultura de Leite seria a implantação de “Unidades Pasteurizadoras e Envasadoras” de Leite, com SIE, que permitirá a inserção do leite na PNAE pelas famílias agricultoras.

O secretário Dílson Peixoto afirmou que vai analisar todos os itens da pauta proposta, “especialmente a composição de uma força tarefa com representação da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Adagro e do Cesmape, visando acelerar a flexibilização da licença das queijarias artesanais no Araripe”.

Deixe uma resposta