Morre, aos 83 anos, o escritor João Carlos Marinho

O escritor lançou 16 livros, dentre eles, ‘O Gênio do Crime’, que foi adaptado para o cinema em 1973

Morre, aos 83 anos, o escritor João Carlos Marinho
O livro ‘Sangue Fresco’rendeu ao autor o prêmio Jabuti, em 1982 (Foto: Facebook/João Carlos Marinho)
Morreu, no último domingo, 17, o escritor João Carlos Marinho, autor do clássico juvenil “O Gênio do Crime”, aos 83 anos. Ele estava internado desde fevereiro no hospital Sancta Maggiore da Mooca, em São Paulo. O corpo será enterrado no Cemitério da Consolação, às 16h.

Carioca, nascido em 25 de setembro de 1935, João Carlos Marinho se mudou para Santos e, posteriormente, São Paulo. Concluiu o ensino médio na Suíça e cursou Direito na Faculdade do Largo de São Franscisco, da Universidade de São Paulo (USP).

Enquanto ainda advogava, publicou sua principal obra, “O Gênio do Crime”, na qual o personagem principal e seu grupo auxiliavam a um dono de fábrica de figurinhas a descobrir um criminoso que falsificava os cromos.

O livro, que completou 50 anos em fevereiro, foi o primeiro das 13 aventuras que o autor escreveu para a Turma do Gordo. A obra chegou a ser traduzida para espanhol e ganhou uma versão para o cinema, em 1973, com o nome de “O Detetive Bolacha Contra o Gênio do Crime”.

Marinho publicou 16 livros no total, dentre eles, “Sangue Fresco”, que rendeu ao autor o prêmio Jabuti de 1982.

Fontes:
G1-Escritor João Carlos Marinho, autor de ‘O gênio do crime’, morre em SP
Folha de S.Paulo-João Carlos Marinho, autor de ‘O Gênio do Crime’, morre aos 83 anos, em São Paulo

Deixe uma resposta