Luisa Mell é ameaçada de morte, aparece desesperada e desabafa

A apresentadora e ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução/Instagram)
A apresentadora e ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução/Instagram)

Na semana passada, a ativista e ex-apresentadora Luisa Mell fez um resgate astronômico de mais de 1000 cachorros que estavam aprisionados em condições alarmantes no Canil Céu Azul e seriam destinados à venda em pet shops e outros centros comerciais.

O Instituto Luisa Mell tratou de arranjar rapidamente três abrigos para tratar os cães e mantê-los temporariamente, até que sejam destinados a lares amorosos, sem vínculos comerciais. A ação refletiu em um resultado importante e até mesmo histórico. A PETZ, a maior rede de pet shops do Brasil, e uma das clientes do canil em voga, anunciou que irá suspender a venda de filhotes em suas lojas.

As ações de Luisa Mell parecem ter irritado profundamente os criadores de cachorros. Em vídeo postado no Instagram na noite desta terça-feira, (19), a ativista afirma que tentaram invadir o centro de triagem em que os cães eram separados para serem destinados a seus lares, e ainda teria recebido ameaças de morte. A ativista precisou ser escoltada até sua casa pela Polícia Militar do Estado de São Paulo.

“Quando eu falo que esse tipo de criador é bandido é porque é. Olha, gente, tive que ir embora escoltada porque fui ameaçada de morte”, relatou Luisa Mell pelo Stories do Instagram. Na manhã desta quarta-feira, 20, a ativista ainda afirma que os criadores teriam colocado fogo na porta do centro de triagem do Instituto Luisa Mell.

LUÍSA MELL FAZ APELO DESESPERADOR APÓS RESGATE DE CACHORROS: CENAS FORTES SÃO DIVULGADAS 

Luísa Mell   Reprodução/Instagram

A ativista, Luísa Mell, que faz diversos resgates em canis clandestinos, recebeu uma ligação do Coronel da Polícia Ambiental na noite da última quarta-feira(13), pedindo sua ajuda para salvar mais de 1.500 cães que viviam em condições precárias em um desses locais de criação.

No instagram, Luísa Mell faz apelo desesperador ao mostrar em seus stories um lugar que maltratava 1500 animais. Luísa recebeu o apelo quando estava na festa de 4 anos do filho, nos vídeos ela diz que não conseguiria mais resgatar animais por estar lotada e não conseguir arcar com todos os gastos, mas ao ver a situação dos animais teve que agir. Além disso, a ex-apresentadora pediu a ajuda dos internautas para conseguir lidar com a situação.

“No meio da festa do Enzo, recebi uma ligação: ‘Alô Luisa? Aqui é o Coronel da Polícia Ambiental! Fizemos uma apreensão em um canil… São 1.500 animais precisando de resgate! Você pode ajudar?’ Entrei em pânico… MIL e quinhentos cachorros de uma vez? Meu abrigo está lotado… Minha equipe foi para o local imediatamente… quando me mandaram as imagens de cães vivendo em gaiolas, percebi que não tinha escolha! Estamos aqui realizando o maior resgate já feito pelo Instituto e qualquer outra ONG que temos notícia. Alugamos dois galpões para este momento de emergência!”, declarou ela.

Veja o vídeo:

Deixe uma resposta