No twitter, Humberto Costa centra fogo em Bolsonaro

Humberto Costa (PT)

Humberto Costa (PT)Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

senador reeleito Humberto Costa (PT) usou sua conta do twitter, nesta sexta-feira (16) para criticar o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) por conta da saída de Cuba do Mais Médicos, após declarações polêmicas sobre a participação do país no Programa. Em várias tuitadas, Humberto questionou o impacto que a saída dos cubanos trará para os municípios brasileiros. O senador também publicou um vídeo com críticas a Bolsonaro pela reforma da previdência, classificando-a como “estelionato eleitoral”.

Em relação ao Programa Mais Médicos, Humberto fez três postagens. Uma repercutindo uma notícia da Confederação Nacional dos Municípios, que alerta que 28 milhões de brasileiros podem ficar sem atendimento com saída de cubanos. Em outra postagem, o senador avalia a medida. “O fim do programa Mais Médicos, determinado por Jair Bolsonaro, será péssimo para a população. A política foi colocada em primeiro lugar e não a saúde das pessoas. Vai prejudicar enormemente os menos favorecidos”, tuitou.

humberto
humberto
humberto 

Por fim, Humberto questiona Bolsonaro, apresentando números do impacto que a saída dos médicos cubanos trará ao país. “Além de terem atuado em mais de 3,6 mil municípios brasileiros, os médicos cubanos prestaram relevantes serviços em 36 distritos indígenas do país, principalmente na Amazônia. Como fica isso agora, com o rompimento do acordo internacional anunciado por Bolsonaro?”, perguntou.

Previdência – A reforma da Previdência foi tema de um vídeo postado por Humberto Costa, também nesta sexta (16). “Bolsonaro cometeu grande estelionato eleitoral com reforma da Previdência”, diz a legenda da publicação.

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta