Paulo Câmara minimiza aumento do STF para PE: ‘A gente tem um orçamento enxuto’

Governador destacou equilíbrio fiscal e orçamentário de Pernambuco

Governador destacou equilíbrio fiscal e orçamentário de PernambucoFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

*Com informações de Luiza Alencar, da Editoria de Política

Questionado sobre o impacto orçamentário do aumento dos ministros do STF aprovado pelo Senado, o governador Paulo Câmara (PSB), após evento em homenagem aos 50 anos do TCE, nesta quinta-feira (8), avaliou que isso não será tão percebido em Pernambuco, apesar de acreditar que outros Estados sofrerão mais com o desdobramento do reajuste nos contas do Judiciário.

“Aqui é menor, até porque a gente tem um orçamento muito enxuto. Então o que a gente tem, realmente, sobra. Tem alguns lugares que já estão no limite e quando se está no limite qualquer aumento é preocupante. Mas a gente sempre foi muito responsável nesse ponto de vista, orçamentário, fiscal”, afirmou.

Apesar de afirmar que o cofre estadual não será muito impactado com o reajuste do Supremo, Paulo disse que seu governo ainda não calculou o acréscimo, mas que se reunirá com os chefes dos demais poderes para conversar. O Orçamento do Estado para 2019, já está na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para apreciação, mas não foi aprovado.

Folhape

Deixe uma resposta