Turista desarma ladrão com martelo e impede roubo da Magna Carta

Magna Carta

Um turista norte-americano foi decisivo para bloquear um ladrão, munido com um martelo, que pretendia roubar a Magna Carta, em exibição na Catedral de Salisbury, na Inglaterra. Foi uma grande “confusão”, mas tudo “muito inglês”, sem dramas.

Um homem de 45 anos, munido de um martelo, tentou roubar a Magna Carta. Trata-se de uma das cópias originais mais bem preservadas do documento datado de 1215, e que pôs fim ao poder absoluto dos monarcas, determinando que o rei também está sujeito à lei.

O ladrão ainda conseguiu desferir golpes de martelo na caixa envidraçada onde se encontrava a Magna Carta, mas o “vidro é bastante grosso” e por isso, “não quebrou facilmente”, explica à BBC o Reverendo Nick Papadopoulos.

“Foi um grande choque, mas todos responderam de forma magnífica, tanto o nosso staffcomo voluntários e membros do público”, acrescenta o Padre.

Decisivo para desarmar o homem foi o norte-americano Matthew Delcambre, de 56 anos, que estava de visita à catedral como turista. Ele conseguiu bloquear o assaltante e tirar dele o martelo.

“Tinha que detê-lo”, explica Delcambre ao jornal The Sun, notando que “a Magna Carta é um dos documentos mais importantes do mundo“. “Houve muita confusão, mas nada de pânico ou gritos. Foi muito inglês“, constata o norte-americano.

O ladrão foi detido no local, com o incidente se resolvendo sem feridos e com a Magna Carta completamente intacta. Apesar disso, o documento histórico foi retirado do local, por precaução, enquanto são revistas as medidas de segurança.

Ciber// ZAP

Deixe uma resposta