Frentes ‘Brasil Popular’ e Povo sem medo’ realizam ato contra Bolsonaro, no Derby

Manifestação "“Vai ter resistência - Pernambuco sem medo”, no Derby

Manifestação ““Vai ter resistência – Pernambuco sem medo”, no DerbyFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Uma manifestação convocada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo reúne manifestantes na Praça do Derby, área central do Recife, na final da tarde desta terça-feira (30) para se contrapor ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). No Facebook, o evento foi batizado de “Vai ter resistência – Pernambuco sem medo”.

Entoando gritos de ordem como “aqui está o povo sem medo, sem medo de lutar” e “o povo não atura Bolsonaro e ditadura”, os manifestantes marcam a resistência. Além do Recife, o ato também foi realizado em outras cinco cidades brasileiras: São Paulo, Fortaleza, Brasília, Porto Alegre e Rio de Janeiro. As manifestações foram convocadas pelo presidenciável Guilherme Boulos (PSOL), que apoiou Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição presidencial.

O Partido dos Trabalhadores, seguindo orientação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que pediu calma na agenda de oposição – não participou da manifestação. A corrente petista CNB (Construindo um Novo Brasil) sugeriu que o partido fizesse uma avaliação de conjuntura na reunião nesta terça-feira (30), em São Paulo.

Manifestação

Manifestação ““Vai ter resistência – Pernambuco sem medo”, no Derby – Crédito: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Dani Portela, que disputou o Governo de Pernambuco pelo PSol, destacou a importância dos movimentos marcarem terreno nas ruas e nas ideias. “A gente precisa resistir pra poder existir. Todo mundo aqui sabe quem tem ocupado as ruas desse há muito tempo. Há 518 anos a gente é resistência. A retomada das ruas é por territórios físicos, mas também dos teritórios políticos”, afirmou.

Manifestação Manifestação ““Vai ter resistência – Pernambuco sem medo”, no Derby – Crédito: Ed Machado/Folha de Pernambuco

*Com informações de Luiza Alencar, da editoria de Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *