“No PT jamais votei e nunca vou votar”, diz Luciano Huck nas redes sociais

Resultado de imagem para luciano huck nas redes sociaisDeu no Correio Braziliense

O apresentador da Rede Globo, Luciano Huck, declarou, em transmissão ao vivo no seu perfil no Facebook, que não votará no candidato Fernando Haddad neste segundo turno. “No PT jamais votei e nunca vou votar”, disse o apresentador, em uma “live”, em que conversou com os seguidores sobre diversos assuntos, inclusive política.

Apesar da afirmação, na sequência Huck diz que não apoia o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, mas que “acredita as pessoas amadurecem e evoluem”. Apesar das pistas, Huck diz que não vai declarar publicamente em quem votará no próximo dia 28.

REPERCUSSÃO – A transmissão foi feita no último dia 20 e nesta quinta-feira repercutiu no Twitter. No vídeo, o apresentador faz questão de deixar claro que não é a favor de nenhum candidato e aponta que as candidaturas de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) têm “problemas”. Ele diz, ainda, que o candidato que for eleito terá que realizar um governo “pensando em todo mundo, minorias e maiorias”.

Na noite desta segunda-feira (25/10), após perceber que seu nome era citado frequentemente na rede social, o apresentador veio a público novamente, esclarecendo sua neutralidade política no segundo turno. Huck alegou que trechos de sua transmissão foram “editados” e usados “fora de contexto”, para simular suposto apoio a Jair Bolsonaro.

RESISTÊNCIA – Na publicação, o apresentador ainda esclarece que independente do resultado das eleições, ele será “resistência positiva” ao governo, e ressalta a importância da manutenção de valores como democracia, liberdade individual e de imprensa e da constituição. Ele, ainda, e se diz pronto para “contribuir com uma agenda de propostas e possíveis soluções para o país”.

Deixe uma resposta