Feira de Frankfurt: venda de livros brasileiros no mercado internacional deve crescer este ano

Expectativa do Brazilian Publishers é fechar o ano com as exportações alcançando U$ 1,5 milhão

Visitantes na Feira do Livro de Frankfurt Foto: DANIEL ROLAND / AFP

Visitantes na Feira do Livro de Frankfurt  Foto: DANIEL ROLAND / AFP

Por Paula Autran

Segundo dados do Projeto Brazilian Publishers — uma parceria Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) e da Câmara Brasileira de Livros (CBL) para exportações —, depois de quatro anos de queda, as negociações com outros países voltaram a crescer. As vendas, que caíram de US$ 2,9 milhões em 2013 para US$ 948 mil no ano passado, de janeiro a julho de 2018 já chegaram a US$ 814 mil.

— Até o final do ano, esperamos ficar entre US$ 1,3 milhão  e US$ 1,5 milhão. Para alcançarmos esta expectativa, ainda temos que exportar entre US$ 480 e US$ 680 mil — calcula o gerente do projeto, Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes, animado com as perspectivas da feira alemã, o maior evento do mercado editorial do mundo. — Nossa expectativa de negócios para Frankfurt 2018 é de US$ 650 mil. Não só no evento, mas nos próximos 12 meses. Isso porque Frankfurt não é apenas uma excelente oportunidade de negócios para os empresários, mas o início da nossa preparação para o ano seguinte. É aqui que iniciamos as negociações para as participações nas feiras de Buenos Aires e Bogotá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.