Datafolha: Bolsonaro lidera com 26% das intenções de voto; em segundo, Ciro e Haddad têm 13%

Petista subiu quatro pontos; Alckmin aparece com 9%, enquanto Marina tem 8%

Resultado de imagem para Bolsonaro lidera com 26% das intenções de voto; em segundo, Ciro e Haddad têm 13%
Candidatos a presidente Ciro Gomes, Marina Silva, Geraldo Alkmin e Fernando Haddad – Arquivo O GLOBO

O GLOBO

RIO – O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, permanece na frente da corrida eleitoral, agora com 26% das intenções de voto, segundo o Datafolha. O número representa uma oscilação de dois pontos para cima, dentro da margem de erro, em relação ao levantamento mais recente, da semana passada. Ciro Gomes (PDT), que se manteve estável, e Fernando Haddad (PT), que subiu quatro pontos, estão numericamente empatados com 13%, logo em seguida. Eles estão empatados tecnicamente, no limite da margem de erro, com Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou um ponto para baixo e tem 9%.

Marina Silva, que nos levantamentos anteriores estava empatada em segundo lugar com Ciro, Haddad e Alckmin, agora está com 8%, uma queda de três pontos percentuais na comparação com o levantamento anterior.

INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE / DATAFOLHA
Pesquisa estimulada
A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Marina
Silva
Geraldo
Alckmin
Ciro
Gomes
Jair
Bolsonaro
(REDE)
(PSDB)
(PDT)
(PSL)
Fernando
Haddad
Alvaro
Dias
João
Amoêdo
Henrique
Meirelles
(PT)
(PODE)
(NOVO)
(MDB)
20 E 21/08
10/09
14/09
26%
22%
16%
13%
13%
9%
10%
9%
8%
4%
3%
3%
2%
3%
1% DOS VOTOS
MENOS DE 1% DOS VOTOS
Guilherme Boulos (PSOL), Vera (PSTU), Cabo Daciolo (Patriota)
João Goulart Filho (PPL),
Eymael (DC)
20 E 21/08
10/09
10/09
22%
15%
13%
Branco/nulo
6%
7%
6%
Não sabe/ não respondeu
Fonte: Datafolha

Em seguida, três candidatos permanecem empatados com 3%: Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo). Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU) têm 1%. João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram. Brancos e nulos somaram 13%, enquanto 6% não souberam ou não responderam.

O Datafolha também avaliou o índice de rejeição dos candidatos. Entre os entrevistados, 44% afirmaram que não vão votar em Bolsonaro “de jeito nenhum”. Um oscilação de 1 ponto percentual em relação aos números da semana passada, quando ele aparecia com 43% de rejeição. Em seguida aparecem Marina, com 30%; Haddad, com 26% (aumento de quatro pontos percentuais); Alckmin, com 25%; e Ciro, com 21%.

Vídeo: Assista às sabatinas do GLOBO com candidatos a presidente

Deixe uma resposta