Ciro Nogueira e Eduardo da Fonte são denunciados pela PGR

Suspeitos de comprar silêncio

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI) foram denunciadosReprodução do Facebook – Moreira Mariz/Agência Senado 

A PGR (Procuradoria-Geral da República) denunciou nesta 3ª feira (19.jun.2018) o senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE). Os congressistas foram denunciados por obstrução de justiça.

A denúncia foi apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal). As informações são do portal G1.

Agora, a Corte deve decidir se aceita ou não a denúncia e torna os pepistas réus.

ENTENDA O CASO

Em abril, a  Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nos apartamentos funcionais e gabinetes do senador e do deputado do PP, em Brasília.

A suspeita é que eles tenham comprado o silêncio de um ex-assessor de Ciro Nogueira, que tem colaborado com a justiça.

Em ação controlada, a PF gravou duas entregas de dinheiro a José Expedito Rodrigues Almeida, ex-assessor do presidente do PP, senador Ciro Nogueira. As entregas somaram R$ 6 mil e tinham o objetivo de comprar o silêncio do ex-assessor.

As gravações foram realizadas no âmbito da Lava Jato. O próprio José Expedito Rodrigues Almeida auxiliou a operação.

Deixe uma resposta