Sistema: ferrovia vai dominar em 100% até 2025

Governo vai tirar do papel Plano Nacional de Logística

Coluna do Estadão – Andreza Matais

O governo convocou uma reunião do Conselho do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) para junho quando quer aprovar o Plano Nacional de Logística. Após dois anos, o projeto ficou pronto e apresenta como novidade um software que mapeia os gargalos e as necessidades logísticas do País. O ministro Ronaldo Fonseca (Secretaria-Geral) diz que com base nessas informações serão feitos os investimentos para tornar o setor menos dependente de caminhões. Uma das metas é ampliar em 100% até 2025 a participação ferroviária.

Lição de casa. O governo corre para aprovar o Plano Nacional de Logística como resposta às críticas de que não fez nada para evitar que o transporte de cargas seja dependente das estradas. Vai bater na tecla de que há dois anos as medidas estão em estudo.

Ponta da língua. A justificativa para lançar o plano só agora, quando faltam seis meses para terminar o mandato de Temer, é de que o projeto acaba de ficar pronto e que se trata de plano de Estado e não de governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.