E-mails entregues pela Odebrecht relacionam imóvel a Instituto Lula

Conteúdo chegou ao juiz Sergio Moro na quarta-feira (21)

E-mails entregues pela Odebrecht relacionam imóvel a Instituto Lula

Em prisão domiciliar desde dezembro, Marcelo Odrebecht entregou ao juiz Sergio Moro na quarta-feira (21), por meio de sua defesa, uma série de e-mails trocados por ele e executivos da empreiteira entre 2010 e 2012, nos quais tratam da compra de um terreno em São Paulo para suposto repasse ao Instituto Lula.

O conteúdo menciona os nomes de empresas e de pessoas que seriam usadas como laranjas ao longo da transação. As informações são do Uol.

Segundo a acusação, o terreno comprado por R$ 12,4 milhões equivaleria ao pagamento de propinas a Lula por benefícios a Odebrecht em contratos com a Petrobras. O Instituto Lula, no entanto, jamais ocupou o lugar.

A defesa do presidente afirmou ao portal que a entrega dos e-mails é extemporânea e que contém vícios que poderão anular o processo.

Deixe uma resposta