A origem da Quarta-feira de Cinzas

Qual a origem e o que significa a Quarta-feira de Cinzas

A origem da Quarta-feira de Cinzas
O simbolismo do dia é de caráter religioso (Foto: Flickr)
 A Quarta-Feira de Cinzas marca o final do Carnaval, festa pagã da antiguidade. De acordo com o calendário cristão, é o primeiro dia da Quaresma, os 40 dias de preparação para a Páscoa, que termina na Sexta-feira Santa. Tradicionalmente, neste dia é celebrada a Missa das Cinzas.

Ainda de acordo com a tradição cristã, as cinzas utilizadas na missa deste dia são produto da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior, as quais se mistura água benta.

Neste dia, os fiéis católicos são aconselhados pela a igreja a fazer jejum e a não comer carne, com o propósito fazer com que os fiéis tomem parte do sacrifício de Jesus.

Mesmo do ponto de vista não religioso, a data tem como origens crenças e misticismo. Na Grécia Antiga, acreditava-se que o fogo purifica e que a vida renasce das cinzas. Nesse período, o processo de purificação era representado na história da Fênix, um pássaro que, quando morria, entrava em autocombustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas.

Para os egípcios, outra ave, a Bennu, cujo ciclo de vida terminava sobre a pira do deus Rá (Deus do Sol), deixava-se consumir pelas chamas, renascendo das cinzas.

Na antiga tradição do Oriente Médio, cinzas são jogadas sobre a cabeça das pessoas como símbolo de arrependimento perante Deus.

Deixe uma resposta