Sérgio Moro pedirá prisão preventiva de Lula pelo mesmo motivo que pediu de Palocci

Em sua sentença contra o ex-ministro Palocci, Sérgio Moro destacou que as “declarações em audiência, de que seria inocente, mas que teria muito a contribuir com a Operação Lavajato, só não o fazendo no momento pela ‘sensibilidade da informação’, soaram mais como uma ameaça para que terceiros o auxiliem indevidamente para a revogação da preventiva.

Ou seja, Moro decidiu por manter Palocci na cadeia, devido ao tom de ameaça, a terceiros, com que Palocci falou.

O mesmo motivo deve levar o juiz a pedir a prisão preventiva de Lula.

Relembre o que o petista falou em audiência ao juiz: