Deixe um comentário

Odebrecht pagou US$ 25 mi de propina aos Kircheners

O Globo – Coluna de Lauro Jardim
Por Guilherme Amado

 

O capítulo sobre Argentina na delação da Odebrecht vai expor a relação à base de propina da empreiteira com integrantes do kirchnerismo.

Segundo uma das delações ainda em sigilo, pessoas ligadas a Julio de Vido, ministro do
Planejamento de Néstor e Cristina Kirchner, negociaram uma propina de US$ 25 milhões para que a construtora tocasse um bilionário projeto de extensão das redes de distribuição de gás no país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: