Ex-gerente da Caixa recebeu US$ 400 mil da Odebrecht em conta na Suíça

Victor Hugo Pinto, ligado a sindicalista da CUT, afirmou, no entanto, não saber que o dinheiro fora depositado pela empreiteira

Por Aguirre Talento

A investigação de falcatruas no FI-FGTS se aproximou da CUT. Um ex-representante da entidade sindical no fundo, André Luiz de Souza, é parceiro de Victor Hugo Pinto, ex-gerente da Caixa. A Odebrecht, favorecida com recursos do FI-FGTS, depositou US$ 400 mil numa conta associada a Pinto na Suíça. A Caixa também investiga Pinto.

 

Deixe uma resposta