Prótese dentária do deputado Fraga cai durante discurso na Câmara

Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. No Congresso, entretanto, essa máxima não vigora. Depois de o senador Hélio José (PMDB-DF) passar pelo constrangimento de perder uma prótese dentária no Senado, foi a vez de outro político brasiliense enfrentar problema semelhante. Durante discurso no plenário da Câmara, nesta quinta-feira (1/6), o deputado federal Alberto Fraga (DEM) precisou levar a mão à boca para evitar que um dente provisório caísse.

O coronel aposentado da PM, como de costume, falava de forma calorosa, quando a prótese se soltou. Ele a segurou, pediu desculpas pelo “imprevisto” e logo parou de falar. A equipe do deputado explicou que o parlamentar está fazendo um implante e precisa esperar o parafuso cicatrizar. Enquanto isso, usa uma prótese que simula um dente, que caiu.

Bancada da prótese
Em abril, durante reunião da Comissão Mista da Medida Provisória 765, no Senado, a prótese dentária de Hélio José escapou em dois momentos até ele guardá-la no bolso.

Na primeira vez, ele lia o discurso sobre o tema quando foi surpreendido com os dentes da frente caindo. O senador quis ser rápido, mas demorou alguns segundos para colocá-los de volta.
Hélio José continuou a falar e, tentando evitar um novo constrangimento, apertava os dentes a todo momento. Mas a situação não foi suficiente para evitar que o problema se repetisse. Da segunda vez, percebendo que não conseguiria controlar a queda, Hélio José disse “vou tirar isso aqui”, guardou os dentes no bolso e manteve o discurso.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta