Deixe um comentário

Partida entre Sport e Salgueiro, no Recife, tem esquema especial de trânsito e policiamento

Primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano acontece neste domingo (7), às 16h, na Ilha do Retiro. Juizado do Torcedor também funciona em regime de plantão para receber queixas e denúncias ligadas à partida.

IMG_1341.JPG

Devido à partida entre Sport e Salgueiro, na Ilha do Retiro, no Recife, neste domingo (7), a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) montou um esquema especial a partir das 13h para facilitar a mobilidade nas ruas no entorno do estádio Ademar da Costa Carvalho, na Ilha do Retiro. Além de facilitar o acesso do público, a operação também tem o objetivo de garantir o deslocamento seguro de pedestres para a partida, que tem início às 16h.

Ao todo, 25 agentes de trânsito estarão dispostos em pontos fixos ou em motos e viaturas a partir das 13h. O cruzamento entre a Avenida Agamenon Magalhães e a Rua Paissandú, o Túnel Chico Science, a Avenida Abdias de Carvalho e a Estrada dos Remédios serão alguns dos pontos a receberem a fiscalização. A Rua Tabaiares, que dá acesso ao estádio, será, a princípio, a única a ser totalmente bloqueada, mas as interdições podem aumentar conforme haja necessidade. A equipe fica circulando até a dispersão total do público, prevista para 19h.

A CTTU aconselha os torcedores a chegarem ao estádio cedo, para evitar retenções no trânsito e tumulto na rua. Os veículos flagrados sobre calçadas ou em fila dupla estão sujeitos a reboque, segundo a Autarquia, e os motoristas podem receber multas que variam entre R$ 88,38 e R$ 195,23, podendo levar entre três e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

De acordo com a Polícia Militar, haverá 349 profissionais fazendo a segurança da partida. Na área interna do estádio, haverá PMs do Batalhão de Choque e da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães). Na área externa, haverá policiais fazendo rondas nas estações de metrô e em terminais integrados de passageiros.

Os torcedores que desejarem informar a polícia e a Secretaria de Defesa Social (SDS) sobre delitos relacionados à partida podem utilizar o WhatsApp do Torcedor, enviando mensagens de texto, fotos, áudios e vídeos para o número (81) 98606-9880. O canal, no entanto, não substitui o 190, número que também pode ser acionado para denunciar vandalismo e outros delitos ligados à partida.

A partir das 14h, o Juizado Especial Cível e Criminal do Torcedor do Estado de Pernambuco (Jetep) funciona em esquema de plantão no estádio. A equipe irá registrar, processar e julgar ações cíveis ligadas a direito do consumidor, como problemas na compra dos ingressos, e julgar cambistas e torcedores que incitem ou pratiquem violência, desacatem autoridades ou portem drogas. O serviço fica disponível por até duas horas após o término do jogo.

Os torcedores que infringirem o Estatuto do Torcedor podem cumprir medida socioeducativa através do programa Futebol Cidadão, criado pelo Jetep. A iniciativa busca punir quem cometeu delitos de menor potencial ofensivo e conscientizar, através de palestras, sobre o uso de drogas e a importância da cultura de paz nos estádios. De acordo com o TJPE, há 14 torcedores fazendo parte do programa neste mês de maio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: