Deixe um comentário

Temer: é guerra! quem traiu desce o desfiladeiro

O governo vai rediscutir a situação do PTN. O partido ganhou a presidência da Funasa, mas não entregou os votos na reforma trabalhista.

Nesta terça, dois deputados do PTN e um do PMDB vão perder cargos no órgão. No Dnit, serão cortados cargos do PR e do PSB.

A base teria 411 integrantes se todos os deputados das siglas aliadas votassem com o governo.

Como o número não se confirma no plenário, “é melhor ter 300 de Esparta”, diz um ministro.

Aliados do governo no Congresso argumentam, porém, que as exonerações de indicados dos infiéis de nada adiantarão se o governo não adiar a tramitação da reforma da Previdência.

Dizem que é preciso tempo para que a propaganda oficial chegue às bases eleitorais dos deputados.(Painel – Daniela Lima – FSP)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: