Vídeo: Sergio Moro pergunta a Leo Pinheiro quem seria o “Brahma”. E ele responde.

Sim, exatamente.

Alguns apelidos das mensagens de texto e demais evidências acabaram se tornando folclóricos. Isso vale para “Brahma”, obviamente uma referência à marca de cerveja e não a qualquer divindade bramanista.

Confiram o trecho a seguir, do depoimento de Leo Pinheiro (OAS) a Sergio Moro, na Lava Jato.

Fim do mistério. O “número um”.

Deixe uma resposta