Deixe um comentário

Sindicalistas depredam entrada do Congresso

Um grupo de sindicalistas tentou invadir, há pouco, o Congresso Nacional durante um protesto contra a reforma da Previdência proposta pelo governo do presidente Michel Temer.

O grupo entrou na Casa pela rampa que dá acesso ao Salão Negro. A Polícia Legislativa tenta conter os manifestantes com homens munidos de escudos.

Antes da invasão, do lado de fora, trabalhadores da segurança pública queimaram caixões que representariam a aposentadoria dos profissionais da área.

Diversos sindicatos que representam agentes da segurança pública se reuniram esta tarde em Brasília para protestar contra a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 287, que traz a reforma da Previdência apresentada pelo governo. Os profissionais estão reunidos sob a UPB (União dos Policiais do Brasil), entidade criada no fim do ano passado e que reúne cerca de 30 sindicatos da categoria.

Segundo a UPB, a proposta do governo não contempla uma aposentadoria que corresponda ao risco do trabalho dos agentes de segurança pública. Com isso, a organização defende que as menções a servidores que exerçam atividade de risco sejam retiradas do texto da reforma.

Uma das entidades que formam a UPB é a Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais). Em comunicado divulgado esta terça (18), a Fenapef disse que, “caso o governo insista em aprovar o texto atual da PEC 287, os policiais farão um ato simbólico de paralisação por meio da entrega de armas e coletes.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: