RUMORES CONFIRMADOS Arqueólogos não encontram crânio de Shakespeare em seu túmulo

Uma equipe de arqueólogos não conseguiu identificar os ossos da cabeça em análise do túmulo do famoso dramaturgo inglês

Arqueólogos não encontram crânio de Shakespeare em seu túmulo
Os resultados adicionam mistério ao redor do local de descanso de William Shakespeare (Foto: Wikipedia)

Um arqueólogo concluiu que o crânio de Shakespeare não está em seu túmulo, confirmando antigos rumores e adicionando mistério ao redor da sepultura do famoso poeta e dramaturgo.

Quatrocentos anos depois de sua morte e enterro na igreja da Santíssima Trindade em Stratfor-upon-Avon, na Inglaterra, pesquisadores conseguiram autorização para escanear o túmulo com um radar. Mas, na área onde se esperava que o crânio de Shakespeare estivesse, foram encontrados sinais de interferência.

“Há uma interferência estranha no local onde estaria a cabeça, e temos uma história que sugere que, em algum momento na história, alguém roubou o crânio de Shakespeare”, disse o arqueólogo Kevin Coffs, da Universidade de Staffordshire. “É muito claro para mim que o crânio não se encontra na Santíssima Trinidade”.

Os resultados adicionam mistério ao redor do local de descanso de William Shakespeare.

O túmulo não tem o seu nome, apenas alguns versos em tom de ameaça:

“Livra-te, meu caro amigo,por amor de Jesus,
De remexer na poeira encerrada aqui,
Bendito seja o que evitar estas pedras,
E Maldito o que incomodar os meus ossos.”

Reutars -Radarscan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.