Lula confessa ter dado aval para Evo Morales tomar para a Bolívia as refinarias da Petrobras

A estatal já havia investido por lá o equivalente a R$ 6 bilhões quando o presidente boliviano a ocupou com militares sem qualquer reação mais incisiva do PT.

Confissão foi dada ao lado do segundo homem na cadeia de comando da Bolívia em evento nesta segunda. Conta o Estadão que Lula foi sondado pelo próprio Evo Morales, quando ainda candidato à presidência, sobre a possibilidade de estatizar o que a Petrobras tinha de estrutura por lá. As palavras são do próprio ex-presidente e deixam claro o aval dado pelo então presidente brasileiro:

“O Evo me perguntou: ‘como vocês ficarão se nós nacionalizarmos a Petrobras?’. Respondi: ‘o gás é de vocês’. E foi assim que nos comportamos, respeitando a soberania da Bolívia.”

Quando assumiu a presidência, em primeiro de maio de 2006, foi a primeira coisa que Evo Morales fez: estatizou toda a cadeia de exploração de gás e petróleo no país, com direito a ocupação militar da estrutura da Petrobras. Em valores atuais, a petroleira brasileira havia investido o equivalente a R$ 6 bilhões entre 1997 e aquele ano.

Foto: Ricardo Stuckert/PR

 

Deixe uma resposta