STF absolve deputado Paulinho da Força

Por unanimidade, o STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), conhecido como Paulinho da Força, dos crimes de falsidade de documentos, falsidade ideológica e estelionato. Ele era acusado de uso irregular de recursos do Banco da Terra.

A decisão foi tomada pela 1ª Turma do STF. Os ministros consideraram ausência de provas que justificassem a condenação do parlamentar.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal, a Força Sindica, entidade presidida pelo deputado, e um ex-prefeito de Piraju (SP) teria supervalorizado uma fazenda para assentar 72 famílias de trabalhadores rurais em 2001.

A propriedade foi adquirida com recursos do Bando da Terra de R$ 2,3 milhões, mas uma vistoria do Ministério Público teria avaliado que o valor do imóvel era de R$ 1,3 milhão. A procuradoria apontava ainda que a escritura da fazenda teria sido adulterada antes de ser negociada.(Da Folha Online)

Deixe uma resposta